Você já se perguntou qual a diferença entre arquiteto e designer de interiores? Calma, você não é o único. As duas áreas possuem similaridades e, por isso, a confusão entre elas é normal. A dúvida sobre a diferença entre arquiteto e designer de interiores costuma aparecer no momento em que alguém decide fazer pesquisas e levantar orçamentos para fazer uma reforma em sua casa, ou para decorar um escritório, por exemplo. E isso demonstra a importância de esclarecer de vez essa dúvida! 

Mas apesar das similaridades, a carreira dos dois profissionais são diferentes e com atribuições legais e responsabilidades técnicas próprias. E saber mais sobre cada uma dessas atuações profissionais e entender a diferença entre o arquiteto e o designer de interiores fará com que você consiga reconhecer os seus alcances e as suas limitações.

E se estiver planejando contratar determinado tipo de prestação de serviços, depois de ler esse post, você terá mais condições de escolher o profissional cujo perfil melhor atende às suas demandas de trabalho. Entenda a diferença entre o arquiteto e designer de interiores!

 

DESIGNER DE INTERIORES

O designer de interiores, além do trabalho que envolve a decoração do ambiente, mais ao final do projeto, tem a função de elaborar o espaço de forma coerentemente, seguindo normas técnicas de ergonomia, acústica, térmico e luminotécnica. Ele também é um profissional capaz de captar as reais necessidades dos clientes e concretizá-las através de projetos totalmente personalizados.

Dessa forma, a reconstrução do espaço através da releitura do layout, da ampliação ou redução de espaços, dos efeitos cênicos e aplicações de tendências e novidades técnicas, do desenvolvimento de peças exclusivas é de responsabilidade do designer de interiores. Esse profissional é habilitado e tem conhecimento técnico para atuar em projetos de interiores, auxiliando o arquiteto a resolver os espaços da edificação de forma a atender melhor às necessidades do cliente, para complementar o fechamento da obra.

O designer de interiores define revestimentos, acabamentos, tecidos, cores e distribuição de móveis e objetos nos ambientes. E para isso, é necessário que o profissional esteja sempre atualizado e alinhado com as tendências do mercado, tenha bons fornecedores e preocupe-se com o acabamento do projeto, visando oferecer as melhores soluções de acordo com as necessidades dos clientes.

Normalmente, o designer de interiores é contratado para dar vida aos ambientes, como casas, prédios, apartamentos, para traduzir desejos em espaços funcionais, bonitos e harmônicos. Mas, nos últimos anos, até mesmo empresas de automóveis têm procurado o serviço de designers de interiores para montar o interior dos novos carros.

 

ARQUITETURA

O mercado de trabalho para um arquiteto é amplo e a área de atuação do profissional pode variar de acordo com os interesses de cada um, ou de suas especializações.

O arquiteto é responsável por projetar espaços comerciais e residenciais, como casas, prédios, museus, escritórios, entre outros, e até mesmo planejarem espaços urbanos como condomínios, bairros e até cidades. Ele atua na parte estrutural da obra, sabendo a respeito do solo, dos materiais, de onde, para quê e como o projeto será construído. O arquiteto é quem deve ser procurado em caso como remover paredes, erguer ou derrubar partes da obra. Sua função envolve a busca pela segurança da construção aliada à uma estética criativa e funcional, segundo as orientações do cliente. 

O trabalho desenvolvido pelo arquiteto se inicia a partir do momento da escolha do terreno para a construção, ou seja, a implantação de seu projeto; e engloba atribuições sobre localização, legislações, aspectos ambientais e topográficos. Entre os serviços de um arquiteto estão: as plantas, mas também os materiais usados nas obras, considerando o uso do imóvel, ventilação, iluminação, etc.

 

UNIÃO DOS PROFISSIONAIS

Tanto o arquiteto quanto o designer de interiores lidam com projetos de casas, apartamentos, ambientes de escritórios — ou seja, trabalham com empreendimentos destinados tanto para o uso profissional quanto o pessoal. Mas a diferença entre o arquiteto e designer de interiores é que direciona, organiza e facilita a sua atuação e colocação no mercado. A maior diferença entre os dois profissionais, portanto, é que a Arquitetura lida com o exterior, o urbanismo e a construção civil. O Design de Interiores, por outro lado, é um curso mais voltado para a decoração do ambiente, a estética e o conforto.

Mas a parceria entre um arquiteto e um designer de interiores pode render bons frutos! Enquanto o primeiro é responsável por toda a construção (principalmente pelos cálculos estruturais), o segundo pode se dedicar melhor à harmonização e funcionalidade dos ambientes internos.

Seja qual for o seu objetivo para construção, reforma ou decoração, uma obra é sempre um processo complicado, que requer a realização de um planejamento viável e a disponibilização de mão de obra qualificada, para que possa ser executada com êxito.

Gostou do post?

O designer de interiores é o profissional ideal para o momento que você está? Aproveite para pedir um orçamento! Será um prazer ajudá-los!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Postar Comentário